É verdade que, hoje em dia, vemos cada vez mais negros em filmes, novelas e seriados. Porém, em grande parte das produções, eles são personagens secundários e "pouco importantes" para a história em si. Pensando em valorizar a cultura afro e mostrar o que grandes atores/atrizes negros têm de melhor, resolvi criar esse post com alguns filmes que mostram o Black Power.

Sete Vidas

Por incrível que pareça, eu ainda não consegui assistir esse filme, embora ele esteja na minha lista há tempos. Gosto muito do Will Smith e acho essa história linda, espero não me decepcionar. Para quem não sabe, ela fala sobre Ben, um cara que possui um segredo trágico e que por causa de seu sentimento de culpa, faz com que ele salve a vida de desconhecidos.

Um Ato de Coragem

Outro ator do qual eu gosto muito é o Denzel Washington. Sério, acho que minha mãe já assistiu todos os filmes dele e eu sei a história de praticamente todos também haha. Mas essa, em especial, é uma das minhas favoritas. Ela fala sobre o que um pai desesperado para salvar a vida de seu filho é capaz de fazer.

Belle 

Eu conheci esse filme há poucos dias, mas a história parece ser legal. Imaginem só o preconceito que uma negra na aristocracia apaixonada por um advogado deve sofrer no filme. Gosto muito de histórias que abordam esses temas, então certamente assistirei.

Obsessiva

Obsessiva não é um filmaço, mas eu sou obsessiva por esse filme haha - ok, parei. Tudo bem que o fato da protagonista ser a Beyoncé conta muito, mas eu gosto da história também e de todo esse empoderamento da mulher negra.

Intocáveis

Não sei se o Driss é considerado o protagonista do filme, mas se não for, ele é tão importante quanto. Aliás, é ele quem faz a graça dessa história sobre amizade, companheirismo e felicidade nas pequenas coisas. Faz um tempinho que o vi, mas tenho vontade de revê-lo em breve.


Bom, esses foram alguns dos vários outros filmes que possuem protagonistas negros. Espero que tenham gostado do post e me contem quais filmes sobre o tema vocês recomendam. 


seo para blogs  dicas básicas
Uma das coisas que mais aprendi enquanto trabalhava no Virou Casamento foi as técnicas de SEO para blogs. Se você não sabe o que é e para que funciona, fica tranquila que explicarei tudo. Mas a verdade é que é quase que uma obrigação da blogueira que deseja crescer com um blog e alcançar maiores públicos  saber as técnicas de SEO e sabê-las aplicar da melhor forma em seu blog. O SEO para blogs acaba sendo uma das melhores formas de divulgação. 

O que é SEO 

SEO é uma sigla do inglês que significa Search Engine Optimization, traduzindo Optimização de Sites. O SEO são técnicas que você usa em seu site que fazem com que eles apareçam em boas posições nos sites de busca, como o Google. Por exemplo, se você pesquisa sobre "decoração para quartos pequenos" os primeiros links que aparecem são os que tem o melhor desempenho do SEO. Portanto, se você vai fazer um post sobre isso é importante que você use o SEO.

As dicas de SEO para blogs

Palavra-Chave

Começando do básico. A palavra chave é sobre o que seu post fala. No exemplo acima era "decoração para quartos pequenos". Se você vai falar sobre livros para adolescentes, essa é sua palavra chave. Conseguiu entender? A palavra chave desse post é SEO para blogs que é o tema do post.

É importante que a palavra chave seja sobre o tema especifico e seja curta de preferencia, mas se o seu post for bem específicos como "livros para meninas de 14 anos" é melhor que  palavra chave seja abrangente. Posts mais específicos tem mais chance de subir no raking do google e outros sites de pesquisa porque não concorre com grandes portais, sites e blogs famosos. 

O título e subtítulos

A palavra chave é o coração do SEO. Por isso vou explicar agora onde ela vai precisar ir, começando pelo começo do seu post: o titulo. A palavra chave deve aparecer bem no começo do titulo, de preferência. Mas o SEO para blogs não é só sobre palavra chave, o titulo deve ter pelo menos 40 caracteres, não devendo passar de 55. 

Os subtítulos são muito importantes e neles também deve ir a palavra chave, é importante que tenha pelo menos um subtitulo em seu post. O que é um subtitulo? Por exemplo nesse post mesmo, onde está escrito "Dicas de SEO para blogs" e "O que é SEO" são dois subtítulos. Além de ajudar no raking do SEO, o subtitulo ou tópico, ajuda a "quebrar" o texto, faz com que a leitura se torne mais dinâmica e até mesmo mais interessante. 

As palavras chaves no texto

Durante o seu texto é importante que você use as palavras-chaves. Mas quantas vezes é necessário usa-las? O ideal é que não seja nem muitas vezes, como a cada 50 palavras uma palavra chave, mas também não tão pouco, como a cada 200 usar somente uma vez. 

Por isso o ideal é que a cada 100 palavras você insira mais uma palavra chave. Você não precisa necessariamente escrever a palavra chave só depois de ter escrito 100 palavras. Se o seu texto tem 500 palavras, a palavra chave deve aparecer 5 ou 6 vezes, não podendo ser menos que 5 nem mais que 8. Entende? Outra dica importante de SEO para blogs é colocar a palavra chave em negrito durante o post. 


como fazer seo em blog
Palavra chave no link do post

Essa é uma coisa que passa bem desapercebida muitas vezes, mas que acaba sendo crucial para o SEO. Quando você vai publicar seu texto você percebe em como está o link dele? O ideal é que o link do post apareça assim: www.nomedoseublog.com.br/palavra-chave-do-texto. Consegue entender? Vou explicar melhor. Esse post se chama "Dicas básicas de SEO para blogs" o link ficaria www.flornooutono.blogspost.com.br/dicas-básicas-de-seo-para-blogs. Em vez disso, eu editei de como que o post ficasse com o link apenas: www.flornooutono.blogspost.com.br/seo-para-blogs. Viu a diferença? Fica muito melhor que o seu link contenha apenas sua palavra-chave. 

Descrição do seu post

Quando fazemos uma pesquisa no google, aparece o titulo do post, o link logo abaixo e então depois do link uma pequena descrição sobre o que é o post. Se você não personaliza sua própria descrição, o que vai aparecer ali quando alguém pesquisa e achar seu post vai ser os 150 primeiros caracteres do seu post. Isso faz com que o desempenho caia, porque além de não conter a palavra chave, a pessoa pode não se sentir atraída para ler. 

Por isso é importante que você faça uma pequena descrição de até 150 caracteres e que nessa descrição contenha sua palavra chave.  

As imagens sendo usadas com o SEO para blogs

Ok. essa é a parte que eu mais me esqueço! Acho que 90% das pessoas acabam sempre editando as imagens e a salvando com títulos como "hsjhdklasjk", mas isso acaba fazendo com que o desempenho caia muito, por incrível que pareça. Se o seu post é sobre decoração para quartos pequenos é ideal que ao salvar a imagem para esse post você use o nome como "decoração-quartos-pequenos-palavra-palavra", em palavra-palavra é legal você adicionar mais duas palavras que descrevam a imagem, sabe? Assim não fica só a palavra chave. Ah, não se esqueça de excluir conectivos como "para", "em" "com" e etc. além dos artigos "o" "a" e tal.

Além do titulo salvo nas imagens, é importante que você use também ferramentas que permitam que, ao passar a imagem para o post, você adicione as tags Alt e Title, no blogger é só você clicar em propriedades da imagem e então adicionar a palavra chave e/ou o titulo do seu post. 

Ferramentas de SEO para blogs

Para quem mexe com Wordpress pode ser mais fácil fazer o SEO para blogs, no entanto com o Blogger é preciso mais manejo e aprender a mexer nas ferramentas que está disponível. A descrição de post e tags para as fotos podem ser tarefas complicadas de achar, mas não é impossível. Caso vocês queiram, farei um post só sobre como usar SEO no blogger. 

Mas por hoje, é isso. Espero que eu tenha ajudado e sido útil. Se você quer ver mais posts para te ajudar com seu blog é só clicar aqui. Super beijo!

Sabemos que as histórias de milagres feitos por Cristo é rodeada de fé das pessoas. Afinal, Jesus só poderia fazer os milagres onde havia fé (Mt 13.58). Mas enquanto eu lia a Bíblia em Mateus um capítulo me chamou a atenção, que foi o capitulo nove, e essa pequena parte dele ficou na minha mente por alguns dias. São quatro pessoas diferentes que tiveram um encontro com Jesus e foram curadas por que lutaram com uma arma contra todos aqueles que desacreditavam: elas tinham fé!

A história começa quando um chefe religioso diz à Jesus que sua filha está morta e pede que ele a ressuscite. Impactante. O pai teve fé por sua filha mesmo sabendo que ela já havia morrido e que todos acreditavam que não tinha volta (vs.23-24). Mas ele teve fé e por isso sua filha voltou. 

Mas antes de Jesus ir até a casa do chefe religioso para ressuscitar sua filha, uma mulher que andava pela multidão que o acompanhava tinha uma fé gigantesca. Ela sabia que Jesus nem sequer precisava tocar nela, nem ela tocar nele, ela apenas precisava tocar a sua capa e ficaria curada de uma hemorragia que ela tinha há doze anos. É importante enfatizar que, ao ir de encontro a Jesus, ela estava arriscando tudo porque, naquela época, uma pessoa que tinha uma doença como a dela era considerada impura e deveria estar reclusa da sociedade. Mas ela teve ousadia e se arriscou por causa de uma coisa: fé. Ela acreditava fielmente de que não importava se ela não deveria estar ali, se aquele lugar não era para ela, se ela já estava doente há mais de uma década, se Jesus a veria ou não, ela apenas precisava tocar em sua capa e estaria curada! Apenas tocar. 

E então conhecemos a história de dois cegos que tinham uma grande fé e, assim como nas outras histórias, a fé deles foi o que permitiu que Jesus trouxesse de volta suas visões. E eu pensei: dois cegos. Eles não viam a Cristo, mas eles acreditavam de uma maneira surpreendente que os curou. Quantos de nós que temos dois olhos enxergando tudo ainda não temos uma fé daquelas? É preciso acreditarmos que a fé é a certeza das coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se veem (Hb 11.1).

Quando pensamos nos milagres feitos por Jesus e as grandes coisas feitas por Deus ao longo não só da Bíblia, mas de toda a humanidade, podemos achar que essas histórias são simples, normais. Mas precisamos olhar pelo outro lado, pelo nosso lado e o que precisamos fazer para recebermos o nosso milagre. Será que nossa fé tem sido como a daquele pai que não aceitou a morte de sua filha e tinha certeza que Cristo a traria de volta? Será que temos a fé da mulher com a hemorragia que acreditava que apenas em tocar a capa de Jesus todos os riscos que correu até chegar ali valeriam a pena porque ela seria curada? E dos dois homens que não enxergavam, mas acreditaram e Jesus fez da maneira que eles acreditaram e então voltaram a enxergar? 

Tenhamos fé. Não uma fé pequena e que vacila, pois como Pedro que teve fé, mas então deixou de crer por achar que andar sobre as águas com o próprio Jesus seria algo impossível, podemos afundar por achar que é algo impossível, que nunca irá acontecer, que está demorando demais, que não é pra você. Você é filho do Deus do impossível. Peça fé, use fé.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...